Cinema, Crítica de Filme

| Homem Aranha: Sem Volta Ao Lar | Crítica

Em Homem Aranha: Sem Volta ao Lar temos o fechamento perfeito da atual trilogia do cabeça de teia. Confira a crítica completa sem spoilers

No novo filme do amigão da vizinhança, Peter Parker (Tom Holland) tem sua identidade revelada por Mysterio (Jake Gyllenhaal) e agora ele tem que lidar com as consequências disso, para tentar voltar a sua vida ‘normal’ ele pede ajuda ao Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch) para que todos esqueçam que o Homem Aranha é Peter Parker, porém tudo dá errado, o que inclusive traz vilões de outros universos para o nosso mundo.

Homem Aranha: Longe do lar (2019) traz a grande reviravolta para o universo do personagem, afinal ele era um dos poucos heróis da Marvel que não teve sua identidade revelada, e os eventos deste filme permeiam boa parte do atual longa, temos agora consequências sérias, que afetam a vida dupla de Peter Parker.

A ajuda do Doutor Estranho aqui é pontual, como sua participação na narrativa inteira, mas o roteiro de Erik Sommers e Chris McKenna, que trabalharam no filme anterior, tem uma missão ingrata aqui, assim como Vingadores Guerra Infinita e Ultimato, há que se tomar cuidado com o excesso de personagens e suas interações, há alguns problemas claro, mas o resultado é um dos melhores filme do Aranha.

A principal crítica quanto ao Homem Aranha de Tom Holland é justamente essa ligação e dependência aos personagens já estabelecidos da Marvel, seja com o Homem de Ferro, ou com os Vingadores, mas aqui temos o retorno da essência, onde ele tem que resolver tudo sozinho e ser o salvador do mundo, sabendo que ele será o principal prejudicado. Altruísmo ou pensar no bem maior, sempre foi uma marca do amigão da vizinhança, agora temos isso no universo Marvel nos cinemas.

Tom Holland é um dos novos nomes da indústria cinematográfica, um nome inclusive que devemos nos acostumar a ver em produções, esse excesso, ao contrário do que esperávamos, fez muito bem ao ator, afinal sua capacidade de atuação melhorou, e neste filme podemos enfim perceber ele lidando melhor com o drama de ser o Homem Aranha, onde ele viver uma vida dupla, tomar decisões difíceis e ainda ter que se preocupar com o aluguel. 

Os diversos vilões de outros universos, que pareciam ser apenas uma ameaça pontual no material de marketing, tem seus momentos específicos e principalmente, foram respeitados a sua forma de inclusão e personalidade. Este filme preservou os 20 anos de Homem Aranha nos cinemas, assim como Ultimato trouxe um presente para os fãs da Marvel ao longo dos anos, este filme é um grande desfecho para apreciadores do personagem.

Os efeitos visuais são impressionantes, (Exceto pelo 3d), temos um cuidado em mostrar as habilidades do aracnídeo de uma forma que te prende na narrativa. Mostrando como é bom termos um herói inventivo que usa a ciência como uma forma de vencer as adversidades.

O cinema costuma ser muito igualitário, de mostrar uma experiência pequena de um produto, mas aqui temos uma forma grandiosa da franquia, de contribuir de uma forma que não estamos acostumados. E quem diria que saber do que acontece com os outros vilões do Homem Aranha seria tão importante. Se você acompanha o personagem desde sempre, você precisa ver este filme.

Homem Aranha: Sem Volta ao Lar traz o Homem Aranha de volta e ao mesmo tempo, mostra que o futuro do personagem está em boas mãos e atores. Vamos aguardar, porque será divertido. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s