Séries

| Larica Total – 10 anos depois | Crítica

O especial de 10 anos do Larica Total, traz o que a série tem de melhor, com ênfase nos bastidores e a construção do que assistimos.

Crédito: Mariana Vianna

O Larica Total criado em 2012, não era um programa revolucionário, mas ele é ótimo no que propõe. A culinária de guerrilha, transbordava a cada episódio. E mesmo com o sucesso, e três temporadas depois, a série se encerrou.

Os bastidores mostrados antes do episódio especial mostram como era desgastante a rotina de gravação de cada episódio, principalmente para Paulo Tiefenthaler que faz o protagonista Paulo de Oliveira, pois o apartamento usado na série era o seu.

Paulo inclusive é a grande alma do programa, já que ele apresentava, cozinhava e ainda tinha que falar o seu texto. Além claro, de pensar no plano certo e nas suas ações na cozinha para um melhor aproveitamento do que estava acontecendo. Além dos utensílios inusitados usados no preparo das comidas. A faca de pão que cortava tudo, era praticamente um personagem. Larica Total e Paulo, eram únicos de alguma forma.

Como temos os comentários dos roteiristas e do diretor, além claro do próprio Paulo, vamos conhecendo o processo de se fazer a série e gravá-la. Até mesmo a decisão de terminar a série após a terceira temporada acaba recebendo diversas explicações ao longo do tempo. É interessante perceber como os motivos fazem sentido.

Crédito: Mariana Vianna

Temos também todo o processo de se pensar o episódio especial de 10 anos. Temos a oportunidade de ver o texto sendo montado, a receita sendo escolhida e como será feita a gravação; Afinal tem que ser no apartamento que conhecemos. perceber como o processo criativo é amplo. Há inclusive espaço para mostrar Paulo Tiefenthaler aprendendo a receita do programa enquanto o roteiro é finalizado.

Mesmo com a finalização da série, eles entendem que a atmosfera tem que ser a mesma. Qualquer mudança seria prejudicial para o especial. O tempo passou, mas o Larica Total é aquele tipo de programa que alguns elementos precisam existir, caso contrário terá rejeição. Para nossa sorte, deu tudo certo.

Esse esquenta também serve para mostrar como o programa era estruturado para os temporadas, culminando com Paulo indo para o espaço. O programa pode até ter um “ar amador”, mas tem uma equipe precisa e atenta para montar as receitas e episódios.

Crédito: Mariana Vianna

Vamos ao episódio

Claro que temos uma preocupação de ligar ao final da terceira temporada, mas a sensação é como se o tempo não tivesse passado. Tudo aqui é idêntico, seja pelo enquadramento, pela forma de apresentar ou de fazer o programa.

A equipe que já era precisa, trouxe diversos detalhes que são perfeitos (Sim, a faca de pão está no episódio), mesmo que seja apenas para comemorar os dez anos. Tudo está como deveria ser.

O ar “amador”, os planos usados em Tiefenthaler são como queremos e esperados. E o humor característico do Larica Total continua nele. E conforme avançamos na receita, ele tem tempo para suas piadas e até algumas piadas internas.

São 30 minutos aproximadamente da forma certa, sem precisar de nenhuma novidade (A não ser tecnológica) para nos envolver novamente na comida de guerrilha mais uma vez.

A diferença que poderia aparecer por justamente a equipe ter feito outros projetos, e Tiefenthaler ter feito mais projetos no cinema, serviram para melhorar a criatividade. Há mais elementos do cotidiano e uma forma mais orgânica de contribuir no roteiro.

Não espere aqui, uma chance de novos episódios de Larica Total, a ideia é ser uma história comemorativa e celebrar o que foi construído. Temos claro, uma oportunidade de um novo público aparecer e assistir os episódios (Disponíveis na Globoplay).

O especial é certeiro, de buscar exatamente o que esperamos, de uma forma orgânica, sem precisar buscar alguma inovação ou algo novo. É pragmático, mas o elenco e produção sabe qual o tipo de produto que está produzindo e principalmente, o por que o está produzindo.

Larica Total: 10 anos depois homenageia o produto original e percebe que a equipe consegue trazer um novo episódio tanto tempo depois, como nada tinha acontecido é interessante. A comida de guerrilha ainda está dentro deles.

Nota: 4/5

Contato: naoparecemaseserio@gmail.com

Me acompanhe nas redes sociais Facebook / Instagram / Twitter

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s