Ir para conteúdo

| Legado Explosivo | Crítica

Em um bom filme de ação, com diversas subtramas, ‘Legado Explosivo’ novo longa de Liam Neeson chega aos cinemas. Confira a crítica completa.

Tom (Liam Neeson) é conhecido como uma lenda entre os criminosos, mas tudo muda quando ele se apaixona por Annie (Kate Walsh) e decide deixar seu legado no crime para trás. Disposto a mudar de vida, Tom aceita se entregar para a polícia em troca de uma sentença reduzida, mas ele não imaginava que seria enganado por agentes corruptos do FBI que o obrigarão a fazer justiça com as próprias mãos.

Diferentes dos últimos filmes de ação de Liam, Legado Explosivo terá que lidar com diversas tramas além das cenas de ‘tiros, porrada e bomba’. Esse é o principal diferencial do longa escrito e dirigido por Mark Williams (O Contador). O balanceamento desses elementos é o grande desafio aqui.

Ter um grande ator que fez dramas e ação ajuda nas diferentes nuances de ‘Legado’, o roteiro sabe trabalhar Liam de uma forma que seus longas anteriores não conseguiram, pois aqui temos cenas rápidas que lembram seus trabalhos, mas há os momentos de respiro entre o protagonista e Annie, em pequenos arcos dramáticos. Isso deixa o filme muito marcado e estas mudanças pouco aprofundam as diversas tramas.

Liam Neeson em cena. Crédito: Imagem Filmes

Essas diversas narrativas são interessantes em um filme de ação, porém não temos o aprofundamento de nenhuma delas ao longo da história. ‘Legado’ tem um filme raso, mesmo com tantos elementos, é interessante ver isso em tela, mas causam pouca empatia com o espectador, pois não há o perigo real no personagem de Liam.

Mesmo com um filme sem muita profundidade, temos ao menos uma boa divisão de tempo de tela entre o casal principal e o elenco coadjuvante. O longa dá um bom espaço aos atores Jai Courtney (John), Jeffrey Donovan (Sean) e Anthony Ramos (Ramon), pena que as saídas utilizadas para eles sejam previsíveis, pelo menos o roteiro tentou dar a todos uma ‘história de fundo’.

Chega a ser entranho quando percebemos que Liam perto dos seus 70 anos seja um astro nos filmes de ação, ele demonstra muita presença nas cenas mais corporais, principalmente nas lutas corporais e cenas de tiroteio. Em ‘Legado’ podemos observar sua performance filmada de perto, pena que por causa do excesso de tramas, vemos pouco do ator.

Liam Neeson (Tom) e Kate Walsh (Annie) em cena. Crédito: Imagem Filmes

O diretor e roteirista pode não ter dado a profundidade as diversas tramas, mas ele compensa essa ‘falta’ com uma filmagem que muda de acordo com o gênero de drama e ação. Ele muda sua forma de mostrar a cena de acordo com a mensagem que ela contém. As de ação ele busca proximidade, com planos fechados. As cenas mais dramáticas, ele as faz mais aberta, privilegiando o casal protagonista e o cenário. Em uma história que mistura gêneros, é interessante ver este cuidado.

‘Legado Explosivo’ tem uma boa intenção, ao misturas gêneros conhecidos, aproveitando a imagem consagrada de Liam Neeson. Como resultado, temos um filme honesto, dentro do esperado e sem aprofundamento. O longa fica dentro da categoria ‘passatempo’, um entretenimento, nada a acrescentar, mas como continua sendo legal ver Liam chutando bundas, mesmo que ele já tenha feito isso em alguns filmes.

Nota: 3/5

Contato: naoparecemaseserio@gmail.com

Facebook: facebook.com/naoparecemaseserio

Instagram: @npmes

Bruno Simioni Cunha Ver tudo

Biólogo, estudante de jornalismo, cinéfilo e nerd que adora dividir conhecimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: