Ir para conteúdo

| A Garota Invisível | Crítica

Em um filme carregado de clichês de filmes adolescente e de comédias românticas, ‘A Garota Invisível’ estreia nas principais plataformas de streaming. Mesmo não sendo um grande filme, o simples fato de ele ter sido gravado durante a pandemia, vale ao menos um ponto positivo.

Sophia Valverde é Ariana uma garota que sempre passou despercebida até que, sem querer, posta um vídeo em que se declara para o garoto mais popular da escola. Agora a ex-namorada dele fará de tudo para estragar o romance e fazer com que Ariana volte a ser invisível.  

Não espere de ‘Garota Invisível’ um grande filme, ou algo que pode mudar algo no gênero, ele segue exatamente pelos caminhos que esperamos, sem nenhuma surpresa, mas devo engrandecer o desafio de rodar um filme em plena pandemia. Inclusive algumas ‘saídas’ que o filme usa são claramente uma forma de não expor o elenco e produção.

Crédito: Stella Carvalho

A direção de Maurício Eça (Carrossel) é segura e dentro do esperado, já que o elenco faz suas atuações em cenários que simbolizam seus quartos e casas. O roteiro de Livia Alcade e C.Jos Bravo não se arrisca, traz exatamente o que esperamos conforme o filme avança, sem nenhuma surpresa. O destaque fica as formas de ‘isolar’ o elenco e ter poucas cenas que há mais de um ator/atriz em cena, as saídas são inspiradas no mundo em pandemia e fazem todo sentido.

Por justamente não ser um filme ‘comum’, as atuações ficam dentro do espectro esperado, o garoto nerd age como um garoto nerd e a protagonista é a típica garota adolescente com o seu melhor amigo e seu crush. A história pode não ter nada demais, mas soube respeitar como eles respondem ao que acontecem com eles, há alguma realidade aqui. Afinal, uma pessoa na friendzone, reconhece a outra.

Crédito: Stella Carvalho

O longa tem uma linguagem jovem que corresponde aos personagens e seu público-alvo, temos aqui conversas adolescentes, suas relações com os amigos, pais e professores. Isso é bom para quem quer ver algo do tipo, mas se você espera ‘algo a mais’, você irá se decepcionar.

‘A Garota Invisível’ vale pela distração e entretenimento adolescente, mas fora isso, é só mais um filme falando das mesmas coisas, mas gravado durante a pandemia.

Nota: 2/5

Contato: naoparecemaseserio@gmail.com

Instagram: @npmes

Facebook: facebook.com/naoparecemaseserio

Bruno Simioni Cunha Ver tudo

Biólogo, estudante de jornalismo, cinéfilo e nerd que adora dividir conhecimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: