Ir para conteúdo

| Mulan | Crítica

Confira a crítica de Mulan, que traz um filme mais sério que a animação, sem perder a essência, em uma ótima adaptação live action

A animação original recebeu (E ainda recebe) muitas críticas dos chineses referentes a personificação da lenda de Mulan. A história original fala de uma mulher guerreira, forte e líder de exércitos, ou seja, pouca interferência de um dragão mágico e família. Quando o live action foi anunciado era claro que isso mudaria, afinal uma lenda chinesa precisa ser bem sucedida em um dos melhores mercados para o cinema hoje.

Muito se falou do investimento do estúdio neste live action, e logo na primeira cena percebemos que assistimos um longa diferente de tudo que já foi produzido pela Disney. Os cenários são grandiosos, cheios de detalhes e os figurinos são coloridos com muitas referências a época da lenda de Mulan.

Temos aqui um longa que se afasta do material original, mas soube preservar o que de melhor há na animação. As diferenças entre mulheres e homens na china imperial, onde a mulher está subjugada a tarefas dos lares e família e o homem a feitos maiores, é o principal ponto trabalho por toda narrativa.

Cena de ‘Mulan’ – Foto: Divulgação / Disney

Mulan precisa de uma protagonista forte e principalmente de uma atriz asiática, este papel fico a cargo de Liu Yifei, uma atriz conhecida na China, mas que ainda não tinha um papel nos cinemas em uma escala global. Uma responsabilidade absurda que Liu carrega, mas ela tem um desempenho magnânimo, seja nas batalhas, nos arcos dramáticos e na liderança que um personagem forte feminino precisa.

Falando em batalhas, o longa se inspira muitos filmes de super heróis atuais, principalmente nas séries Marvel/Netflix, que usam todo o cenário disponível, com guerreiros de diferentes habilidades, a forma com a diretora Niki Caro filma essas cenas, invertendo ângulos e mudando a câmera de posição, traz fluidez e dinamismo aos combates.

O roteiro usa a animação como uma alma para este filme, pois temos aqui um filme se aproxima mais do gênero guerra e drama do que fantasia. Essa diferença é suficiente para destacar esta produção. As próprias trilhas feitas por Harry Gregson-Williams (Perdido em Marte) são épicas e inseridas nos grandes momentos do filme, ou seja, a parte musical do filme ficou na animação, aqui temos uma trilha diferente para um filme diferente.

Cena de ‘Mulan’ – Foto: Divulgação / Disney

Até mesmo o tom do filme destoa dos longas anteriores da Disney, Mulan é mais sério, sem perder tempo para alívios cômicos e romance (Mesmo plantando algumas sementes pelo caminho). O problema é que isso afetou o ritmo do filme, ele é rápido, com poucas explicações pelo caminho, uma sucessão de eventos que parecem que passou dias na história, e não meses. Parece que Mulan saiu para a guerra e voltou para casa na semana seguinte.

Os elementos místicos são representados aqui, mas ao contrário da obra original, ele é uma subtrama, um elemento a mais. Agora as batalhas e a aventura são os protagonistas, o que é bom, já que o filme soube construir uma atmosfera diferente, algo que faltou por exemplo em Aladdin.

Mulan mostra novamente sua força, dessa vez como filme, por trazer um elenco asiático para personificar os personagens que conhecemos, uma protagonista forte e destemida, com muita representatividade em uma adaptação que foge do material original, mas traz uma nova luz uma personagem referência a tantas meninas que descobrem em Mulan, que não precisam do um príncipe para salvar o mundo, elas podem (E já fazem) isso sozinhas.

Nota: 4/5

Contato: naoparecemaseserio@gmail.com

Facebook: facebook.com/naoparecemaseserio

Instagram: @npmes

Bruno Simioni Cunha Ver tudo

Biólogo, estudante de jornalismo, cinéfilo e nerd que adora dividir conhecimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: