Cinema, Crítica de Filme

| D.P.A 3 – Uma Aventura No Fim do Mundo | Crítica

Em nova aventura, os Detetives do Prédio Azul encantam novamente as crianças, com outra grande história para os cinemas. Confira a crítica completa.

Crédito: Desirée do Valle

Os detetives do prédio azul são uma referência em histórias infantis, mesmo com a troca de elenco, a qualidade se mantém, e continuam entretendo. As atuais aventuras no cinema de Pippo (Pedro Motta), Bento (Anderson Lima) e Sol (Letícia Braga) não só aumentaram o espectro das aventuras, como mostram que os moradores do prédio continuam imbatíveis. Este filme também marca oficialmente a troca dos protagonistas, ou seja, esteja preparado para despedidas em D.P.A 3 – Uma Aventura no Fim do Mundo.

Dessa vez, os detetives estão em apuros após Severino (Ronaldo Reis) encontrar a metade de um colar poderoso nos escombros de um avião. O que parecia um inofensivo acessório é, na verdade, a parte maldosa do “Medalhão de Uzur”, responsável por controlar e manipular toda a magia existente no mundo. Assim que coloca o artefato no pescoço, o porteiro começa a se transformar em uma figura maligna e muito perigosa. Agora, o trio precisa entrar em ação para ajudar Severino, o que acaba os levando rumo a uma aventura no fim do mundo.

Algo que ficou marcado nos últimos filmes da franquia, é ela acontecer fora do prédio, diferente da série. Enquanto D. P. A. 2 – O Mistério Italiano (2018) ocorre na Itália, o novo ocorre em Ushuaia (Argentina), conhecida por ser a cidade do fim do mundo, onde tem neve e temperaturas baixas o ano inteiro. Mudamos de estação, mas não de tema.

O tom de aventura e descobertas continua da forma que conhecemos, com pontos de virada bem marcados. O roteiro de Flávia Lins e Silva, Rêne Belmonte e Mauro Lima (Que dirige) entende com maestria o material que têm em mãos, que os eventos fluem na tela, sem precisar de nenhum elemento não abordado na série.

Alexandra Richter e Klara Castanho, no papel das vilãs Duvíbora e Dunhoca. Crédito: Desirée do Valle

O longa que inicialmente parece como mais um nova aventura, possui elementos de continuidade da série, portanto é o último produto que veremos estes detetives oficialmente, não há uma despedida oficial, mas há elementos para deixar isso claro ao espectador, seja por falas pontuais, ou explicações durante a viagem.

Justamente por não mudar a dinâmica do trio, as participações especiais ganham destaque. Alexandra Richter e Klara Castanho, no papel das vilãs Duvíbora e Dunhoca, além das presenças de Lázaro Ramos (A melhor participação, sem dúvida), Alinne Moraes e Rafael Cardoso em papéis pontuais. Mesmo sendo usadas como momentos de troca de narrativa, todas agregam algo, mesmo sendo caricatas a maioria delas. E Ronaldo Reis faz um Severino malvado de encher os olhos, ver um personagem conhecido com novas características foi outro acerto do roteiro.

Enquanto a fotografia da série privilegia o prédio, aqui temos um espetáculo visual, seja pelas camadas de neve, os diversos lugares que os detetives buscam pelo medalhão. Ele foi pensado para as telonas, seja por planos que conseguem mostrar a ação da cena e o local. Mauro Lima (Meu Nome Não é Johnny), que estreia na direção de filme infantojuvenis, deixa o elenco trabalhar, mas filma de uma forma ainda não vista na franquia. 

A química que o quarteto mostra em cena é inegável, claro que isso também veio com o tempo de série, eles sabem exatamente o que fazer, e como deixar tudo claro em cena, mesmo separados em alguns momentos, é ótimo vê-los neste último longa como os detetives. 


D.P.A 3 pode não trazer uma grande novidade para a franquia, mas é excelente no que propõe, e traz uma história que condiz com a série e filmes recentes, pode não ter surpresas, mas ainda sim é ótimo ver os os imbatíveis , os invencíveis e os eternos detetives do prédio azul.

Nota: 3/5

Contato: naoparecemaseserio@gmail.com

Me acompanhe nas redes sociais Facebook / Instagram / Twitter e se inscreva no canal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s