Cinema, Crítica de Filme

| Passagem Secreta | Crítica

Passagem Secreta mostra inspiração em Stranger Things, mas perde o encanto em alguns momentos, mesmo sendo divertido

Passagem Secreta de Rodrigo Grota (Isto (Não) É Um Assalto) busca sem sua aventura fantasiosa, trazer elementos de filmes e séries que têm magia e elenco jovem vivendo suas aventuras. Então não se espante ao perceber referências leves de Stranger Things e até mesmo Goonies em alguns momentos.

Aqui conhecemos Alice, que é enviada para morar com o tio já que está passando por problemas dentro de casa. Ao fazer novas amizades, o seu grupo descobre um local que através de uma passagem secreta podem acessar um parque de diversões. 

As referências não ficam apenas nas séries e filmes de aventuras infantis, é fácil perceber uma atmosfera dos anos 90 em sua trama principal. Essa ambientação é chave para o filme, para nos conectarmos melhor com a história e facilitar o entendimento conforme avançamos nos atos. Grande acerto. 

Alinhado a isso temos um elenco infanto-juvenil alinhado e certeiro. Luiza Quinteiro (Pequenos Delitos) transparece naturalidade no papel, principalmente nos arcos complicados. O restante do elenco que envolve a protagonista tem alguns problemas, mas respondem bem ao tom do longa. É divertido vê-los juntos. 

Passagem Secreta começa a ter problemas nos atos seguintes, devido a mudança de tramas que vão acontecendo, este arco juvenil começa aos poucos a se perder, nada catastrófico, mas Passagem Secreta é um filme diferente se compararmos seu ato inicial e seu final. 

A próprio vilão feito por Arrigo Barnabé, pouco se realciona com o grupo neste sentido. Ele que parecia ser algo caricato e com alma de ‘conquistar o mundo’ têm objetivos que não condizem com a atmosfera e o grupo criado no começo. Um filme que parecia infantil, em alguns momentos, é adulto demais. Falta um pouco de acerto de tom, ainda mais quando percebemos o bom material do início. 

Ainda mais quando entendemos que o filme busca originalidade em diversos momentos e tem uma narrativa brasileira, mesmo com as referências. Pensando principalmente que fantasia, é um gênero pouco explorado no Brasil.  


Passagem Secreta  é arrebatador em seu começo, fãs de aventura se integram bem a trama, uma grande pena são os excesso que o filme busca. Algo contido seria interessante.

Nota: 2/5

Contato: naoparecemaseserio@gmail.com

Me acompanhe nas redes sociais: Facebook/ Instagram / Twitter

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s