Ir para conteúdo

| Star Wars The Bad Batch | Review

Star Wars Bad Batch chega a sua metade de temporada no Disney+ e te digo o que esperar dos restantes dos episódios do esquadrão de desajustados.

Quando Star Wars Bad Batch começou se imaginava que seria uma continuação ‘espiritual’ de Clone Wars, por causa da sua localização na linha do tempo da franquia, e por boa parte da equipe criativa ter trabalhado nas temporadas anteriores da série, cujo foco é Anakin antes de se torna o Darth Vader, mas após o primeiro episódio percebemos que a série dirigida por Dave Filoni iria para outros caminhos.

A animação conta a história de uma tropa de elite formada por clones altamente habilidosos e geneticamente diferentes de seus irmãos do Grande Exército da República.

Na equipe apresentada temos Hunter, o líder da equipe com frases intensas e uma tatuagem no rosto; Wrecker (demolidor), a força bruta da equipe; Tech, o gênio da informática; e Echo, um clone que se tornou um ciborgue. Os episódios são para justamente conhecermos a equipe e entender sua importância na narrativa. Hunter é o líder de esquadrão inquestionável, Tech é o perito de tecnologia e sabe tirar a equipe do problema com tecnologia, percebemos que Wrecher é uma criança com músculos e força bruta e Echo é o R2D2 do grupo, mas fala, anda e atira.

A retirada de Crosshair, o atirador de elite da equipe que acaba saindo por não concordar com Hunter e a adição de Ômega, é o suficiente para sustentar boa parte dessa primeira temporada, e principalmente fazer com que a criança apresente melhor a equipe e crie laços de amizade com todos, principalmente com o líder Hunter e Wrecher.

Crédito: Disney+

A série não possui um vilão ou a mesma ameaça durante essa metade de temporada, o que dá muito dinamismo aos episódios e trazem problemas a serem resolvidos a pequeno, médio e longo prazo. Há o que se realiza em um único momento e outros se arrastam por mais tempo.

Claro que isso traz problemas, como Crosshair que sai do grupo e pouco se sabe sobre ele quando ele se junta ao império, ele tem a missão pessoal de acabar com a equipe, mas pouco se movimenta para isso, há diversos momentos em que ele é mal citado pelos personagens. Além de falhar diversas vezes como líder de seu esquadrão.

Ômega é a grande incógnita da série e apenas os episódios próximos a metade de temporada dá enfim um motivo dela existir, e ser tão necessária em Kamino, o planeta onde os clones são criados e treinados. Dizer que essa revelação pode mudar o que conhecemos sobre Jango e Boba Fett é prematuro, mas a insinuação feita, mexeu com a força dentro dos fãs.

Algo que também não surpreende são os traços, movimentações e batalhas. São parecidos com Clone Wars e trazem pouca novidade neste sentido. Claro, que aqui não temos nenhum jedi e a luta é diferente, mas pouco surpreende o espetador principalmente quando entendemos com a equipe funciona em uma batalha.

Crédito: Disney+

Por ser passar um trecho de história onde diversas outras narrativas podem ocorrer, as participações de outros personagens como Saw Guerrera (Clone Wars e Rogue One), Fennec Shand (O Mandaloriano e Book of Boba Fett) e Depa Billaba (Ataque dos Clones e Ameaça Fantasma), mas eles não são easter egg de luxo, são fundamentais para a trama, principalmente Fennec que aparece em mais de um episódio. E pelo que tudo indica, haverá mais participações no restante da temporada.

Há muitas questões a serem resolvidas ainda, e também a animação não deu indicativas de como irá acabar, se ela irá finalizar em algum grande momento da franquia como Rebels por exemplo, ou se ela será apenas mais um produto situado entre os filmes, como tem sido comum. Dave Filoni é criativo para montar suas histórias, mas ele costuma optar por finais ‘seguro’ para justamente unir os produtos de uma forma mais orgânica.

Star Wars The Bad Batch é exibido na plataforma de streaming Disney+ em episódios semanais que são liberados toda sexta.

Bruno Simioni Cunha Ver tudo

Biólogo, estudante de jornalismo, cinéfilo e nerd que adora dividir conhecimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: