Ir para conteúdo

| Mostra Tiradentes | Mostra deste ano será online e gratuita

Online e gratuita, a programação exibe um panorama da atual produção brasileira em 24 filmes, promove debates e bate-papos com realizadores e profissionais do audiovisual. Em destaque, filmes premiados na 24a Mostra Tiradentes e pré-estreias

Mostra Tiradentes|SP chega a sua 9a edição, de 18 a 24 de março, em formato online e totalmente gratuita, graças à continuidade da parceria entre a Universo Produção e o Sesc SP. Em sete dias de programação serão exibidos 24 filmes brasileiros (13 longas e 11 curtas), de 11 estados, em pré-estreias e mostras temáticas, e também debates, performance audiovisual e exposição fotográfica virtual. 

Durante o evento, o público de todo o país poderá assistir a todos os filmes vencedores da 24a Mostra Tiradentes, além de outros destaques exibidos na edição mineira realizada em janeiro. A programação completa você pode conferir no site oficial do evento www.mostratiradentessp.com.br e os filmes serão exibidos no site do Sesc São Paulo www.sescsp.org.br/mostratiradentes.

Com o intuito de ampliar a reflexão com discussões e novas perspectivas, a 9a Mostra Tiradentes | SP será norteada pela temática “Vertentes da Criação”, proposta pelo curador Francis Vogner dos Reis, que foi abordada na 24a Mostra Tiradentes (janeiro).

“Vamos celebrar este encontro anual, que em 2021 será virtual, mas que fortalece nossos laços neste tempo presente histórico em que a essência está na simplicidade de fazer o que é possível com a grandeza que a arte merece ser vivenciada e aplaudida. Na 9a edição da Mostra Tiradentes | SP, o público poderá conferir filmes que são destaques da produção brasileira de 2021”, fala Raquel Hallak, diretora da Universo Produção e coordenadora geral da Mostra Tiradentes | SP.

TEMÁTICA

Vertentes da criação” é o tema proposto pelos curadores Francis Vogner dos Reis e Lila Foster para a edição de 2021. A ideia partiu da percepção de que há, em anos recentes, uma reconfiguração intelectual e empírica dos processos na produção do país, cuja singularidade está condicionada por elementos variados: universos simbólicos, ética das imagens a partir dos espaços, personagens e territórios, estética amparada em perspectiva crítica do automatismo das práticas da expressão audiovisual do mercado e, principalmente, a economia de um tempo que resiste ao modelo célere de velocidade da circulação do capital. O cinema brasileiro se reinventa nas circunstâncias impostas a ele e nas inquietações de criadores arrojados que constantemente reinventam as formas do fazer.

ABERTURA

A abertura da Mostra Tiradentes | SP 2021 acontece no dia 18 de março, quinta-feira, às 20 horas, no site oficial do evento www.mostratiradentessp.com.br. A programação de abertura consiste em uma performance audiovisual que apresenta a temática central do evento com arte, música e movimento criada por Chico de Paula e Raquel HallakNa sequência, será realizado o debate inaugural com o tema “Vertentes da Criação”, foco central do evento.

E, ainda, na abertura, o público poderá conferir a pré-estreia do filme “Açucena”, documentário dirigido por Isaac Donato, produção baiana que foi eleita pelo Júri Oficial da 24a Mostra de Cinema de Tiradentes o Melhor Filme da Mostra Aurora. longa ficará disponível por 72 horas, das 21 horas do dia 18 de março, até 21 horas de 21 de março.

MOSTRA AURORA

Dedicada exclusivamente à exibição de trabalhos de diretores em início de carreira, independentemente da idade, mas que tenham até três longas realizados, a Mostra Aurora reúne, em 2021, filmes inéditos de diretoras e diretores de cinco estados – Bahia, Santa Catarina, Minas Gerais, Paraná e Rio de Janeiro, mantendo o seu olhar para a produção autoral das mais variadas regiões do país.

Depois de concorrerem ao prêmio do Júri Oficial na 24a Mostra Tiradentes, eles chegam à Mostra Tiradentes | SP para nova exibição. Sete filmes integram a seleção: “Açucena” (BA), de Isaac Donato – eleito melhor longa da Mostra Aurora; “Oráculo” (SC), de Melissa Dullius e Gustavo Jahn; “Rosa Tirana” (BA), de Rogério Sagui; “Kevin” (MG), de Joana Oliveira; “A Mesma Parte de um Homem” (PR), de Ana Johann, ganhador do Prêmio Helena Ignez da 24a Mostra de Cinema de Tiradentes para a diretora; “O Cerco” (RJ), de Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spíndola; e “Eu, Empresa” (BA/MG), de Leon Sampaio e Marcus Curvello.

Conforme destacam os curadores Francis Vogner dos Reis e Lila Foster, “retornar a essas imagens, ou ir de encontro a elas pela primeira vez, é o que propõe a Mostra Tiradentes | SP, um espaço privilegiado para a ampliação do debate sobre o cinema brasileiro contemporâneo e o processo criativo de artistas do nosso país”.

Voltar aos filmes, dizem os curadores, é também a possibilidade de aprofundar os debates através de novos encontros virtuais com curadores, críticos, pesquisadores e realizadores, ampliando e reverberando os debates que aconteceram em janeiro. “O que essa breve passagem do tempo trouxe para o cinema brasileiro contemporâneo? Como os filmes condensam e exprimem novas dimensões dos temporais?, questionam.

 Os filmes da Mostra Aurora em exibição na 9a Mostra Tiradentes | SP ficarão disponíveis por 72 horas, a partir da data de estreia/ abertura do sinal.

MOSTRA OLHOS LIVRES

Nesta edição, a Mostra Tiradentes | SP proporcionará para o público a oportunidade de conferir os longas-metragens selecionados para a Mostra Olhos Livres. Recorte da programação da Mostra Tiradentes que se notabiliza pela diversidade de olhares e formas e sem conceitos fechados ou critérios uniformizantes, a Mostra Olhos Livres esboça um panorama mais amplo de algumas das proposições mais instigantes do cinema contemporâneo brasileiro.

Além do documentário “Nũhũ yãg mũ yõg hãm: Essa Terra é Nossa!” (MG), de Isael Maxakali, Sueli Maxakali, Carolina Canguçu e Roberto Romero, filme vencedor do Troféu Carlos Reichenbach, dado pelo Júri Jovem na 24a Mostra Tiradentes; serão exibidos os longas “Irmã” (RS), de Luciana Mazeto e Vinícius Lopes; “Amador” (GO/MG), de Cris Ventura; “Subterrânea” (RJ), de Pedro Urano; “Rodson ou (Onde o Sol não Tem Dó)” (CE), de Cleyton Xavier, Clara Chroma e Orlok Sombra; e “Voltei!” (BA), de Ary Rosa e Glenda NicácioA seleção de filmes da Mostra Olhos Livres ficará disponível de 19 a 24 de março.

Para os curadores Francis e Lila, “ver esses filmes reunidos desde uma perspectiva paulista (ou paulistana) pode trazer outras questões, justamente porque São Paulo historicamente sempre teve uma produção, mas também um interesse mais amplo (do público, de estudantes, de críticos e historiadores), pela radicalidade estética de filmes distantes dos modos mais industriais”, enfatiza a curadoria de longas.

“Se a Mostra Aurora dá visibilidade a filmes e cineastas em seus primeiros trabalhos, a Mostra Olhos Livres consolidou um perfil de filmes e cineastas que já contaram com alguma visibilidade e possuem carreiras mais consolidadas, mas que na Mostra de Cinema de Tiradentes encontram um debate e uma janela muito especial. O conjunto de filmes selecionados e que já foram exibidos no evento em janeiro, se afigura como uma síntese do que há de mais forte no cinema brasileiro da temporada”, evidenciam os curadores.

MOSTRA FOCO

Também avaliada pelo Júri Oficial na 24a Mostra Tiradentes, a Mostra Foco de curtas será exibida em sua totalidade. Geralmente muito aguardado pelo público – devido à duração dos filmes e à possibilidade de se assistir a títulos variados numa mesma sessão –, o curta-metragem sempre teve um tratamento especial na programação, sendo a Mostra Foco um dos recortes mais aguardados.

Em 2021, a Mostra Foco conta com três linhas de aproximações entre os curtas-metragens: filmes que pensam a catástrofe, a destruição e o colapso do mundo, tratando sobre em que medida isso se conecta a uma crise generalizada da política institucional e de um projeto de país; filmes que borram fronteiras entre o real e o imaginário, o que existe de possível na concretude das vivências e o que há de criação do impossível no campo da imaginação; e enredos de distopia, com alegorias que aludem ao presente, pensam os processos históricos e apontam possíveis futuros.

Ao todo, 11 filmes de nove estados integram a seleção: “A Destruição do Planeta Live”, de Marcus Curvello (BA); “Céu de Agosto”, de Jasmin Tenucci (SP); “De Costas pro Rio”, de Felipe Aufiero (AM/PR); “Drama Queen”, de Gabriela Luiza (MG); “Eu te Amo, Bressan”, de Gabriel Borges (PR); “Lambada Estranha”, de Luíza Marques e Darks Miranda (RJ); “Novo Mundo”, de Natara Ney e Gilvan Barreto (RJ); “Preces Precipitadas de um Lugar Sagrado que não Existe Mais”, de Rafael Luan e Mike Dutra (CE); “Ratoeira”, de Carlos Adelino (SC) e “4 Bilhões de Infinitos”, de Marco Antonio Pereira (MG), curta vencedor do Prêmio Canal Brasil e “Abjetas 288”, de Júlia da Costa e Renata Mourão (SE), filme escolhido pelo Júri Oficial como melhor curta da Mostra Foco. Os curtas-metragens da Mostra Foco ficarão disponíveis de 19 a 24 de março.

DEBATES

A programação da 9a Mostra Tiradentes | SP promoverá quatro debates, com a participação de 16 convidados. São diretores e diretoras, roteiristas, atrizes, atores e profissionais do audiovisual no centro dos debates, trazendo novas vozes e olhares, dando sequência às discussões realizadas em janeiro, com destaque para os filmes em exibição e para as diversas faces da criação como performance, dramaturgia e invenção.

Os debates da série Encontro com os Filmes realizados com longas-metragens em exibição durante a 24a Mostra Tiradentes, já estão disponíveis no Canal do Youtube da Universo Produção – https://www.youtube.com/user/universoproducao, e complementam a experiência fílmica do espectador.

ATENÇÃO:

Como o formato do evento é digital, convidamos você para seguir o CineSesc e a Universo Produção/Mostra Tiradentes nas redes sociais para ficar por dentro de tudo o que vai acontecer nos bastidores, acompanhar a evolução e notícias do evento, receber conteúdos exclusivos sobre a Mostra Tiradentes|SP 2021. Canais e endereços:

Na Websescsp.org.br/mostratiradentes mostratiradentessp.com.br

No Instagram@universoproducao@cinesescsp

No YoutubeUniverso ProduçãoCinesesc

No Twitter@universoprod@cinesescsp

No Facebookmostratiradentes / universoproducao / cinesescsp

No LinkedInuniverso-produção

Bruno Simioni Cunha Ver tudo

Biólogo, estudante de jornalismo, cinéfilo e nerd que adora dividir conhecimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: