Ir para conteúdo

| Spcine | Festival comKids chega a plataforma

Spcine Play estreia nova estante do Festival comKids

spcine logo

A estreia desta semana no Spcine Play é dedicada ao público infantil. A partir de quarta-feira (12), a plataforma de streaming da Spcine apresenta uma nova estante do Festival comKids. São doze novos títulos que ficam disponíveis por um ano. No catálogo, produções para a criançada de países como Brasil, Espanha, Colômbia, Argentina e Chile.

Confira os títulos abaixo:

A Zeropeia (2018)
Rodrigo Guimarães

Dona Centopéia está passeando feliz pela floresta quando encontra pelo caminho a Barata, o Boi, o Macaco e a Cobra. Todos ficam espantados com suas 100 perninhas e dão a ideia: amarrar suas patinhas para ficar como eles. Afinal, para que tantas patas? Depois de virar uma Zeropeia, ela decide que o mais importante era ser ela mesma, com suas 100 patinhas e suas próprias ideias na cabeça.

Ryoko (2018) Espanha
Emilio Gallego e Jesus Gallego

Um passeio comum em um trem qualquer pode se transformar em uma viagem fantástica, cheia de surpresas.

Lé com Cré (2018)
Cassandra Reis

Dinheiro, medo e coisas de menino e menina contados por algumas crianças de um jeito fofo e esquisito. Os depoimentos são de crianças reais, que escolheram como queriam ser representadas nessa produção.

Aventuras de Amí – Duelo de titãs (2018)
Igor Souza e Maria Carolina

Tomar banho? Escovar os dentes? Arrumar o quarto? Por que fazer agora se eu posso brincar mais um pouquinho? Esse é o dilema de Amí, sempre transformando tudo em aventura e fantasia.

Gildo – Boas maneiras (2019)
Thomate

Gildo é um elefante que adora “ler” as figuras dos livros, Paulo é um pássaro que não sabe voar e Socorro é uma barata perfeccionista que só fala o Blábláblês. Juntos vão “aprender” as boas maneiras para uma refeição divertida.

Caminho dos Gigantes (2016)
Alois Di Leo

“Caminho dos gigantes” é uma busca poética pela razão e propósito da vida, que conta a história de Oquirá, uma menina indígena de seis anos que vai desafiar o seu destino e entender o ciclo da vida. O curta explora as forças da natureza e a nossa conexão com a terra e seus elementos. A música, composta e executada por Tito la Rosa, joga um papel central na produção.

3Pies (2018) Colombia
Giselle Geney

Gonzalo atravessa o montanhoso lugarejo de Pamplona todas as manhãs na companhia de sua melhor amiga, a bola de futebol. Gonzalo brinca com ela antes de começar o dia no colégio e, ao sujar seus sapatos de escola, é castigado por seu exigente professor Ramón. Tudo muda no dia em que Ramón ameaça aumentar o castigo: na próxima vez que Gonzalo chegar com os sapatos sujos, ele confiscará sua bola de futebol.

Meninos e Reis (2016)
Gabriela Romeu

No reisado, um dos folguedos mais populares do Cariri cearense, crianças aprendem a jogar espada com destreza e meninas crescem como rainhas.

Poemas Animados – Quem botou o Ovo na Bota (2018)
Vinicius Testa e Vitor Testa

História envolvendo o misterioso aparecimento de um grande ovo no sítio do Sr. Juvenal. Sempre recheada de humor, com personagens divertidos, cheios de cor e atitude em cenários minimalistas, mas de uma maneira diferente: através de um poema.

Perrocuento – Quimal y Licancabu (2019) Chile
Mixie Araya Soler

Sofia, uma menina da cidade de Calama, é deixada aos cuidados da avó nas férias, o que inicialmente não a deixa muito feliz por estar totalmente longe da tecnologia. Sua avó Felipa é uma senhora muito ativa que mora em uma aldeia no interior. Na casa da avó, Sofia conhece Perrocuento, um espírito guardião dos sonhos, que ensinará as lendas da sua terra para que não caiam no esquecimento.

Pichintún – Camilo, un niño ciego (2018) Chile
Karen Garib

 Doc-animação que relata, através de seus protagonistas, a vida de crianças que moram em diferentes lugares do Chile. Em cada capítulo conhecemos crianças reais por meio de personagens animados em técnica 2D e 3D. Os protagonistas de cada capítulo pertencem a povos originários, outros estão ligados a tradições culturais ou suas histórias expõem questões de inclusão como a cegueira ou a migração, todas relatadas por crianças.

Cazadores de sonido

Cazadores de sonido (2018) Argentina
Andrés Irigoyen

“Cazadores de sonidos” propõe descobrir os sons e a música típica do nosso país. Eles também têm um objetivo: completar um mapa musical da Argentina. Neste episódio, os caçadores da cidade de Salta encontram sons e ritmos característicos, enquanto Cami e Ale compõem uma Baguala muito particular.

Bruno Simioni Cunha Ver tudo

Biólogo, estudante de jornalismo, cinéfilo e nerd que adora dividir conhecimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: