Ir para conteúdo

| Adorinan – Meu nome é João Rubinato | Crítica

Confira a crítica de Adorinan – Meu nome é João Rubinato




Adoniran Barbosa, autor de sucessos como “Trem das Onze” e “Saudosa Maloca”, carrega o título de maior sambista paulista de todos os tempos. A cidade de São Paulo era a personagem principal de suas canções e radionovelas. Através de imagens de arquivos raras e nunca vistas antes, o compositor e cantor paulistano, que faleceu em 1982, é redescoberto pelo público, com ótima curadoria de diretor e roteirista Pedro Serrano.

O diretor começa de uma forma não usual, pois ele foca no persona compositora de Adoniran, então não temos foco na infância ou de como foi seu nascimento, somos apresentados ao compositor quando começava a carreira e seus hábitos de boêmio.

Conforme a narrativa avança vamos sendo apresentados a pessoas que conheceram seu trabalho, de como há diversas histórias com diversos lados nas andanças de Barbosa, algumas coisas são inclusive esclarecidas, não no sentido de mostrar um novo lado do biografado, mas sim de abrir caminho aos diversos trabalhos que ele teve nas radionovelas, novelas e rodas de samba.

Um dos focos do filme são nas letras de Adoniran de como ele não seguia as regras gramaticais dava um tom diferenciado as canções se como ele mesmo diz ‘Acontece que é preciso saber falar errado. Falar errado é uma arte, se não vira deboche’

Adoniran era um cronista da cidade de São Paulo, diversos locais são homenageados e o filme tem seus momentos para explicar estas escolhas do compositor, o tom chega até a ser didático em alguns momentos, mas os melhores momentos são os dedicados a mostrar a personalidade do protagonista e como ele destoa do que esperamos de um sambista.

O filme de Pedro Serrano foca no que é importante, as músicas e  trabalho de Adoniran sem perder tempo com momentos para aumentar o tempo de exibição, ele tem o tempo certo e um boa montagem com as escolhas certas para mostrar a vida de Barbosa.   

Bruno Simioni Cunha Ver tudo

Biólogo, estudante de jornalismo, cinéfilo e nerd que adora dividir conhecimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: